Dê a quem você ama: Asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar! (Dalai Lama)

23
Fev 04

Eu_aprendi-castanho.gif 

Que não posso exigir o amor de ninguém. Posso apenas mostrar boas razões para que gostem de mim e ter paciência para que a vida faça o resto.
Que por mais que você corte o pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos de nosso caminho.
Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem.
Que jamais  posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis. Será uma tragédia para o mundo se eu conseguir convencê-la disso.
Que não importa quanto o meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.
Que as circunstâncias da minha infância são responsáveis pelo que eu sou; mas não pelas escolhas que fiz, quando adulto.
Que numa briga, eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver.
Que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir pessoas, e saber lutar por tudo aquilo em que  acredito.
Que todo mundo quer viver no topo da montanha, mas que a felicidade e o crescimento estão na escalada.
Que é melhor dar conselho somente em duas circunstâncias: quando for pedido e quando for uma questão de vida ou morte.
Que minha existência pode mudar para sempre e em poucas horas, por causa de gente que nunca vi antes.
Que umas simples voltas no quarteirão com meu pai, nas noites quentes de verão, quando eu era criança fez maravilhas em mim quando fiquei adulto.
Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência; mas posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.
Que a melhor escola do mundo está na cabeça dos mais velhos.
Que quando se está apaixonado não dá para esconder.
Que quando duas pessoas discutem não significa que elas se odeiem.
Que quando  duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.
Que ninguém é perfeito até que eu me apaixone.
O coração que magoamos é como a folha de papel amachucado. Jamais voltará ao normal.
Que certas pessoas vão embora de qualquer maneira; quer eu queira ou não.
Que se apenas uma pessoa me disser «Você fez-me ganhar o dia!», o meu dia está ganho.
Que ter uma criança adormecendo nos meus braços é uma das maiores sensações de paz do mundo.
Que nunca se deve dizer "não" ao presente de uma criança.
Que quando seu bebê segura forte seu dedo mendinho, você foi fisgado para a vida toda.
Que ser generoso é mais importante do que estar certo.
Que eu posso ficar furioso, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel.
Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da minha vida.
Que eu sempre posso rezar por uma pessoa quando não tenho condições de ajudá-la doutra forma.
Que não importa quão sério a vida me obrigue ser, todo mundo precisa de um amigo para brincar.
Que às vezes tudo que uma pessoa precisa é uma mão para segurar e um coração para entendê-la.
Que a vida é como um rolo de papel-higiénico. Quanto mais perto do fim, mais depressa passa.
Que devemos estar contentes por Deus por não nos ter dado tudo que pedimos.
Que o dinheiro não compra a elegância.
Que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.
Que são aqueles pequenos acontecimentos diários que fazem a vida tão espectacular.
Que debaixo de uma couraça tem sempre alguém precisando de reconhecimento e amor.
Que Deus não fez tudo num dia. O que me faz pensar que eu posso?
Que ignorar os fatos não muda a importância deles.
Que quando nos queremos vingar de alguém, apenas estamos deixando que a raiva se acumule.
Que eu preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou de ser controlada por eles.
Que o amor, e não o tempo, cura todas as feridas.
Que o jeito mais fácil de crescer como pessoa é cercar-me de pessoas melhores que eu.
Que a vida é dura, mas que eu sou mais duro (de roer).
Que as oportunidade não se perdem; alguém vai pegar as que eu perdi.
Que eu gostaria de ter dito mais uma vez a meu pai que eu o amo antes dele morrer.
Que se devem usar palavras suaves e macias porque talvez, amanhã, tenhamos que engoli-las.
Que não posso escolher como me sinto, mas que posso escolher como reagir a isso.
Que quanto menos tempo eu gastar fazendo uma coisa, mais coisas eu faço.
Que quando se cultivam tristezas, a felicidade vai bater noutro lugar.
Que todas as pessoas que encontramos merecem ser recebidas com um sorriso.
Que um sorriso é a forma mais barata para se melhorar o visual.
Mas... será que aprendi?
-------------------
William Shakespeare

publicado por LauraBM às 23:54
*TAGS = Temas deste Blog - (Clique em cima) -

: ,

no seu blog tem um poema chamado EU APRENDI, que no final diz sem autoria,
tem autoria sim é e de William Shakespeare.
ana lucia a 8 de Junho de 2011 às 22:39

Oi, Ana Lúcia!
Se vc garante que o texto é dele, eu acrescento.
Obrigada!
Laura

R O D A P É

TELEFONES S.O.S.

"Vítimas de violência"

Números nacionais:
- SOS Mulher 808 200 175 (Linha Azul)
- Informação Mulher Vítima de Violência: 800 202 148
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710

Lisboa:
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 21 888 4732
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Rua de São Lázaro, 111 - 1.º Dto. Telefone: +351 1 886 79 86 - Fax: +351 1 886 70 90

Coimbra:
- S.O.S. Mulher/ Fundação Bissaya Barreto: 239 832073
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 239 702363 - www.apav.pt

Sintra:
- Informação à Mulher: 21 916 1404

Açores:

- SOS Mulher Angra do Heroísmo

- Rua Álvaro Martins Homem, 12 - 9700 - 017 Angra do Heroísmo - Telefone: 295 217860 Fax: 295 217 837

Ponta Delgada - 296 283221
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Ponta Delgada - Rua de São João, 33 A - 2º 9500 - 107 Ponta Delgada Telefone/Fax: 296 283 221

"Gravidez e Planeamento Familiar"
- Solidariedade à Mulher/Gravidez não desejada: 808 202 710
- Lisboa - S.O.S. Grávida/ informação e apoio: 21 395 2143
- Lisboa - Despedimentos por Gravidez: 21 796 4027

"Suicídio"
- Telefone da Amizade - Angústia, solidão e prevenção suicídio: 800 205 535

Lisboa - Centro S.O.S. - Voz Amiga: 21 3544 545 - Das 16h às 07 horas

Ajuda na solidão, angústia, desespero e prevenção do suicídio.
Viseu - Telefone S.O.S. Palavra Amiga das 21h à 1 hora (032) 424282
Coimbra - Telefone S.O.S. Telefone Amigo das 16h à 1 hora: (039) 721010 - Prevenção do suicídio

arquivos
comentários recentes
Gina, e João,Agradeço-lhes os comentários. Também ...
Sente-se um E T por não estar nas redes sociais?...
Oi João, como você, identifiquei-me com a crônica ...
Oi Laura, estava procurando um site para correspon...
Genial!!!Se quiser dar uma olhada no meu blog seri...
Pois, Daiana, também acho que todas deveríamos imp...
Aaaah quero uma camisa dessas kkk
Olá! O bolinho: pode usar farinha só integral, cla...
Posts mais comentados
11 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
mais sobre mim
*Espreitar no blog
 
blogs SAPO