Dê a quem você ama: Asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar! (Dalai Lama)

10
Set 08

chocolatebarritas.JPGDa infância, eu, menina, tenho muitas recordações...uma delas se refere ao chocolate que comia escondida em sala de aula, nos tempos de colégio de freira ... mordidas que puderam retornar o tempo de barras amargas ou doces que não me deixaram esquecer, dos apuros passados nas horas travessas.( Hoje tenho o que contar nesse mero exercício de escrever...)             
Por muitas vezes meus dedos buscavam um pedacinho de chocolate debaixo da carteira da escola. Os olhos viravam-se para os lados a procura de alguma curiosa companheira que poderia estar tomando conta do que não lhe dizia respeito. Punha-o escondido na boca, bem devagar e em pedaços pequenos para não ser descoberta. O barulho da embalagem muitas vezes, denunciava aos vizinhos e logo alguém pedia um pedacinho .

Lá na frente, a professora nem imaginava o que acontecia na turma da cozinha ( o pessoal do fundo da sala ). Outras vezes, porém, o sorriso maroto denunciava a acção e pelos cantos da boca a pasta castanha escorria para em seguida ser lambida causando o arrepio igual ao do final do orgasmo. .. e a mestra, então, reprimia .
Cada pedacinho a gosto trazia a cura da ânsia do momento. Não era fome. Era o simples prazer do errado.
Aquela barrinha deslizava pela língua gostoso , subia ao céu da boca e parava entre os dentes com pena de acabar.
As mãos logo procuravam outro pedaço e o que menos interessava naquele momento era a aula que corria lá na frente cheia de palavras amargas. Doce era o chocolate que eu comia escondido!

Nesse tempo se aprendia muito pouco pois nessa idade não se entende a necessidade da cultura. As professoras eram chatas e o que mais importava era contar o tempo para chegar a hora do recreio. Que tempo bom era aquele! Que saudade!
Na minha memória saudosa o chocolate não tem o mesmo gosto. Acho que o tempo dissolveu o açúcar. Toda a infância virou apenas recordação.
Hoje o chocolate me engorda, dá dor de barriga, espinha, urticárias, celulites, osteoporose além de ser caro e viciar. Até o nome "chocólatra" que não existia, agora se encontra fácil nos dicionários modernos!
Assim percebo como o sonho acabou e consumiu minha infância , a transformando em memórias, fazendo de mim uma chata que não bebe, não fuma e não pode se lambuzar num enorme chocolate!
Imagina você que naquela época queríamos que a infância passasse logo pra gente crescer e ser mocinha rápido!
Não. Não vou me render a essa crónica certinha com começo, meio e fim ! Não vou terminá-la sem uma solução coerente para esse problemão todo.
Vou abraçar sim a embalagem vermelha, abri-la bem devagar. Sentar com as pernas cruzadas na frente da minha televisão e devorar esse chocolate suavemente como quem canta uma canção.
De paixão, minhas lágrimas escorrem e o chocolate desce arrastado e molhado.
Ponto. É o final. A teimosia venceu a razão para constatar a minha condição de imperfeita e a minha eterna saudade do tempo que o errado era certo e que o amargo era doce de qualquer jeito.
--------------------------------
Claudia Vilella de Andrade
www.prosaeverso.com/claudiavilleladeandrade.htm

publicado por LauraBM às 00:31
*TAGS = Temas deste Blog - (Clique em cima) -

:

R O D A P É

TELEFONES S.O.S.

"Vítimas de violência"

Números nacionais:
- SOS Mulher 808 200 175 (Linha Azul)
- Informação Mulher Vítima de Violência: 800 202 148
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710

Lisboa:
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 21 888 4732
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Rua de São Lázaro, 111 - 1.º Dto. Telefone: +351 1 886 79 86 - Fax: +351 1 886 70 90

Coimbra:
- S.O.S. Mulher/ Fundação Bissaya Barreto: 239 832073
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 239 702363 - www.apav.pt

Sintra:
- Informação à Mulher: 21 916 1404

Açores:

- SOS Mulher Angra do Heroísmo

- Rua Álvaro Martins Homem, 12 - 9700 - 017 Angra do Heroísmo - Telefone: 295 217860 Fax: 295 217 837

Ponta Delgada - 296 283221
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Ponta Delgada - Rua de São João, 33 A - 2º 9500 - 107 Ponta Delgada Telefone/Fax: 296 283 221

"Gravidez e Planeamento Familiar"
- Solidariedade à Mulher/Gravidez não desejada: 808 202 710
- Lisboa - S.O.S. Grávida/ informação e apoio: 21 395 2143
- Lisboa - Despedimentos por Gravidez: 21 796 4027

"Suicídio"
- Telefone da Amizade - Angústia, solidão e prevenção suicídio: 800 205 535

Lisboa - Centro S.O.S. - Voz Amiga: 21 3544 545 - Das 16h às 07 horas

Ajuda na solidão, angústia, desespero e prevenção do suicídio.
Viseu - Telefone S.O.S. Palavra Amiga das 21h à 1 hora (032) 424282
Coimbra - Telefone S.O.S. Telefone Amigo das 16h à 1 hora: (039) 721010 - Prevenção do suicídio

arquivos
comentários recentes
Gina, e João,Agradeço-lhes os comentários. Também ...
Sente-se um E T por não estar nas redes sociais?...
Oi João, como você, identifiquei-me com a crônica ...
Oi Laura, estava procurando um site para correspon...
Genial!!!Se quiser dar uma olhada no meu blog seri...
Pois, Daiana, também acho que todas deveríamos imp...
Aaaah quero uma camisa dessas kkk
Olá! O bolinho: pode usar farinha só integral, cla...
Posts mais comentados
11 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
mais sobre mim
*Espreitar no blog
 
Contador de visitas