Dê a quem você ama: Asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar! (Dalai Lama)

01
Ago 04

mulher_shiu.jpgSou a que te acompanhou no outro dia de tua formatura, pró resto da vida.
Sou aquela que usava Lee americana número 28 e ainda ficava folgada.
Aquela que roubou o saleiro do restaurante e se assustou quando o garçom veio dar o troco.
A que estudava e namorava em dias inteiros, mesmo sendo de anos diferentes.
A que só acampou uma vez, pra nunca mais, pois gostava de não fazer nada.
Sou a que tomou um porre com duas cervejas, cantou no Pátio de São Pedro, e foi aplaudida.
A que acompanhava a pescar e nunca disse o quanto detestava isso.
A que nunca soube jogar xadrez e que desistiu de tanto tentar.
A dos biquinis mais biquinininhos do mundo, sabendo que isso te matava de raiva.
Sou a que acordava nas madrugadas porque estava com frio, e pedia para me cobrires.
Sou a que, mesmo morrendo de sono, acordava pra fazer teu jantar.
A que deixava bilhetes com batom no espelho do banheiro.
A que subia na mesa pra cantar, sabendo-te por perto pra me defender.
A que tomava gin tónica pra ninguém notar que havia bebido.
Sou aquela de mini-saia e blusa de frente única.
Que usava brincos enormes comprados nas feiras hippies.
Que se equilibrava nos sapatos de saltos escandalosos para tentar ficar de tua altura.
A que casou de vestido de noiva cor de salmão, deixando a família sem saber o que dizer.
Sou a que correu da polícia de salto alto gritando contra a ditadura.
A que subia nas ladeiras de Olinda pra namorar ao por do sol.
A normalista que tinha todos os sonhos do mundo.
Que colocava Guevara na parede da casa de praia do Guarujá.
Que sonhava ser musa do Godard.
Que colocava a família no sofá esperando os dois segundos de fala que aparecia na TV.
Sou a que cozinha tomando vinho, enquanto telefona para Recife, escutando BB King.
Que escutava Chico Buarque, enquanto esperava a hora de namorar.
Sou a que chorou em Chorus Line e riu no Fantasma da Ópera.
A que se emociona com bobagens.
Que dormia no teatro e acordou com Cacilda Lanuza pegando a sua mão.
A que dormiu no chão de um quarto e sala enquanto esperava a mobília.
Sou a que renasceu com todos os amigos e celebrou cada minuto de sua vida.
A que lançou um livro e escutou do filho "mais uma loucura de minha mãe".
-------------
Rosa Pena

==================

Comentário:
Sei que este tem muitos nomes brasileiros, a cronista é brasileira.
Sei que não é igual para todas as mulheres. Há diferenças que facilmente entendemos e poderemos adaptar a nós mesmas; mas o sentido é igual para todas nós.
É uma retrospectiva de vida, passadas as ilusões, na entrada da meia idade.
Quanto fizemos e deixámos de fazer? Quantas loucuras? Valeu a pena? Podemos relembrar e rir de nós mesmas?
Se assim for, podemos levantar a cabeça bem alto, erguer os ombros e dizer ao companheiro:
Shiu! Calado!
Lembras-te daquela que amaste e porque amaste?
Sou eu!
--------------
Laura B. Martins

publicado por LauraBM às 18:53
*TAGS = Temas deste Blog - (Clique em cima) -

:

QUANTO AO SEU COMENTARIO AO BLOG " SEM PALAVRAS "
COMO SABE,A NOSSA POLITICA FAZ-SE DE ESCANDALOS, E QUANDO SURGE UM, LOGO DOIS/TRES DIAS DEPOIS LÁ APARECE OUTRO ESCANDALO PARA ESQUECER O ANTERIOR.
E ASSIM SUCESSIVAMENTE, DAI, NO MEU BLOG SÓ APARECER AS PARANGONAS, PARA LEMBRAR O QUE OUTROS QUEREM QUE ESQUEÇA, JÁ QUE SE PUSSESSE A NOTICIA TODA, POUCOS A LERIAM, ASSIM OS TITULOS FAZEM LEMBRAR.

UM ABRAÇO

N.B. SE EU ESCREVESSE O QUE PENSO, SOBRETUDO DA REALIDADE DA MINHA OPTIMA.....OS NOMES QUE NÃO ME CHAMARIAM, PORQUE ISTO DA LIBERDADE DE OPINIÃO TEM MUITO QUE SE LHE DIGA
FERREIRA a 14 de Setembro de 2005 às 13:29

R O D A P É

TELEFONES S.O.S.

"Vítimas de violência"

Números nacionais:
- SOS Mulher 808 200 175 (Linha Azul)
- Informação Mulher Vítima de Violência: 800 202 148
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710

Lisboa:
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 21 888 4732
- Solidariedade à Mulher : 808 202 710
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Rua de São Lázaro, 111 - 1.º Dto. Telefone: +351 1 886 79 86 - Fax: +351 1 886 70 90

Coimbra:
- S.O.S. Mulher/ Fundação Bissaya Barreto: 239 832073
- APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima: 239 702363 - www.apav.pt

Sintra:
- Informação à Mulher: 21 916 1404

Açores:

- SOS Mulher Angra do Heroísmo

- Rua Álvaro Martins Homem, 12 - 9700 - 017 Angra do Heroísmo - Telefone: 295 217860 Fax: 295 217 837

Ponta Delgada - 296 283221
- UMAR (União de Mulheres Alternativa e Resposta):

Ponta Delgada - Rua de São João, 33 A - 2º 9500 - 107 Ponta Delgada Telefone/Fax: 296 283 221

"Gravidez e Planeamento Familiar"
- Solidariedade à Mulher/Gravidez não desejada: 808 202 710
- Lisboa - S.O.S. Grávida/ informação e apoio: 21 395 2143
- Lisboa - Despedimentos por Gravidez: 21 796 4027

"Suicídio"
- Telefone da Amizade - Angústia, solidão e prevenção suicídio: 800 205 535

Lisboa - Centro S.O.S. - Voz Amiga: 21 3544 545 - Das 16h às 07 horas

Ajuda na solidão, angústia, desespero e prevenção do suicídio.
Viseu - Telefone S.O.S. Palavra Amiga das 21h à 1 hora (032) 424282
Coimbra - Telefone S.O.S. Telefone Amigo das 16h à 1 hora: (039) 721010 - Prevenção do suicídio

arquivos
comentários recentes
Gina, e João,Agradeço-lhes os comentários. Também ...
Sente-se um E T por não estar nas redes sociais?...
Oi João, como você, identifiquei-me com a crônica ...
Oi Laura, estava procurando um site para correspon...
Genial!!!Se quiser dar uma olhada no meu blog seri...
Pois, Daiana, também acho que todas deveríamos imp...
Aaaah quero uma camisa dessas kkk
Olá! O bolinho: pode usar farinha só integral, cla...
Posts mais comentados
11 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
mais sobre mim
*Espreitar no blog
 
Contador de visitas